Rio do sangue dos meninos pretos

Autor: Gabriel Nascimento
Ilustração capa e miolo: Eletrisa
Editora Letramento
(mais informações no link)

Você já imaginou que o racismo poderia se tornar algo tão radical que,
em um mundo distópico, conseguiria eliminar todos os corpos pretos?

O novo lançamento de Gabriel Nascimento, autor de Racismo linguís-
tico (2019), é um romance distópico com narrativa novelesca, visto do
passado, contado a ouvintes do futuro uma importante mensagem:
o mundo pode até deixar de ser racialmente preto, mas nunca deixará
de ser culturalmente preto.
O rio do sangue dos meninos pretos é uma fábula policialesca que se
passa em um mundo onde não existem pretos, apenas um rio grande
e vermelho que cresce a cada dia.Escrito sob uma iminente possibilidade de um presente que teme um futuro inenarrável, a obra conta a história de TioZito, Maria Raimunda
e Rita, três sem-cor que, após acharem o corpo assassinado de um
velho conhecido, decidem fugir como se soubessem que também
seriam mortos.
Ao mesmo tempo que lutam por suas vidas, refletem sobre sua própria identidade que foi tomada de forma cruel por muitas gerações. Quem seriam os pretos? Qual o mistério por trás do rio? Por que ninguém
mais questiona o mesmo?

olho veja mais.png